El sitio web de arquitectura más leído en español
i

Regístrate ahora y empieza a guardar tus proyectos y fotos favoritas, organizados a tu modo.

Regístrate ahora y guarda el contenido de ArchDaily

i

Encuentra los mejores productos para tus proyectos en nuestro catálogo de productos.

Revisa el catálogo de productos.

i

Instala la extensión de Chrome de ArchDaily y encuentra inspiración en cada ventana de tu navegador. Descárgalo aquí »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

¿Quieres ver los mejores proyectos de remodelación? Haz clic aquí.

i

Navega a través de edificios inspiradores con nuestra selección de videos en 360. Haz clic aquí.

Revisa nuestros inspiradores videos en 360​. Haz clic aquí.

Todo
Proyectos
Productos
Eventos
Concursos
Navega entre artículos utilizando tu teclado
  1. ArchDaily
  2. Obras
  3. Estadio Olímpico
  4. Canadá
  5. Saucier + Perrotte architectes
  6. 2015
  7. Estádio de Futebol Montreal / Saucier + Perrotte architectes + HCMA

Estádio de Futebol Montreal / Saucier + Perrotte architectes + HCMA

Estádio de Futebol Montreal / Saucier + Perrotte architectes + HCMA
© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

© Olivier Blouin © Olivier Blouin © Olivier Blouin © Olivier Blouin + 33

  • Equipe SAUCIER + PERROTTE / HCMA

    Gilles Saucier (Lead Design Architect), André Perrotte (Principal-in-Charge), Darryl Condon, Trevor Davies, Michael Henderson, Lia Ruccolo, Patrice Bégin, Charles-Alexandre Dubois, Leslie Lok, David Moreaux, Yutaro Minagawa, Vedanta Balbahadur, Marc-André Tratch, Nick Worth
  • Estrutural e Civil

    NCK Inc.
  • Instalações

    Bouthillette Parizeau
  • LEED

    Synairgis
  • Estruturas em Madeira

    Nordic Structures
  • Paisagismo

    WAA Inc.
  • Más información Menos información
© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

Descripción enviada por el equipo del proyecto. A história do terreno do Complexo Ambiental St-Michel tem sido marcada por mudança e evolução. Desde o início enquanto centro de mineração, para então um aterro sanitário, a intervenção humana tem resultou em um alto preço para a topografia do terreno e simbolismo dentro da cidade. Esta locação agora está designada a se tornar um dos maiores parques de Montreal com o foco na restauração ambiental e ecológica. 

© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

O terreno da antiga mina Miron e futuro parque ecológico, este novo estádio de futebol emerge da topografia artificial do parque como uma camada de estrato mineral recordando a natureza geológica do terreno. O estrato mineral se articula por uma cobertura contínua em balanço sobre a praça de entrada, e se dobra para o interior do campo de futebol e se estende ao solo para se tornar as arquibancadas para espectadores. Desta maneira, o comportamento da cobertura reage as exigências do programa e permite que o centro de futebol se torne um estádio aberto externo. 

Croqui
Croqui

O imenso tamanho do parque pedia uma intervenção arquitetônica de grande escala, um gesto verdadeiramente único para a cidade. Para garantir a unidade formal do projeto, seu desenho foi desenvolvido como a transformação de apenas um elemento expansivo: uma estrutura concebida como apenas um gesto formal em madeira laminada colada. A grelha estrutural forma uma malha em camadas, que aparentam aleatórias num primeiro momento, mas que na realidade se tornam mais densas nas áreas onde é necessária uma maior resistência estrutural. 

© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

Ao longo da avenida Papineau, a arquitetura se adapta à paisagem existente através da incorporação de funções de apoio dentro do complexo. Esta integração acomoda um caminho pedonal elevado, enquanto preserva as árvores existentes. Uma subsequente série de cristais emerge de paisagem para proporcionar luz natural e vistas para os espaços administrativos e espaços públicos posteriores. Eles se projetam da paisagem em direção à rua para receber grande quantidade de luz natural. Um grande volume de cristal que contem o hall principal emerge do extremo sudeste do terreno, sinalizando a entrada do centro de futebol. Apensar do amplo alcance do programa do projeto, estes elementos luminosos e a vegetação que foi mantida conferem à arquitetura uma escala humana fundamental que respeita o bairro residencial onde está inserido. A transparência do edifício também promove uma sensação de abertura. 

Planta
Planta

Os elementos programáticos são organizados de maneira eficiente aproveitando a linearidade do terreno, assim como a consideração das associações de programa e usos dos atletas, espectadores e visitantes do parque. O programa é dividido em dois níveis, cada um deles é organizado utilizando um corredor de circulação principal que conecta o interior ao exterior. No nível da entrada pública, a circulação é contínua a entrada da praça, através do hall e espaços programáticos centrais, permitindo acesso direto às arquibancadas. Para o segundo nível, a circulação se estende em direção ao campo no exterior, onde se integra com as arquibancadas exteriores.

© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

Dimensões, materiais, técnicas de fabricação, processos construtivos.

A equipe de projeto trabalhou em estreita colaboração com os engenheiros para desenvolver o conceito estrutural do projeto. O processo integrado de projeto levou a formulação de um grid estrutural que leva em conta critérios de sustentabilidade e otimiza o o dimensionamento dos membros estruturais de acordo com os esforços necessários. 

© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

A estrutura de madeira laminada colada é a única de seu tipo no mundo. É composta de múltiplas placas de madeira em camadas em sentido transversal em ângulos de 90 ° unidas entre si através de adesivos estruturais. Neste processo, a madeira é fornecida localmente e é composta de 90% de abeto negro. A madeira laminada oferece novas possibilidades de desenho, o que facilita a construção de estruturas de aspecto orgânico e permite proporcionar liberdade para a criatividade, com um material que é leve, eficiente e sustentável.

Modelo
Modelo

A cobertura principal está apoiada em treze vigas de 69 m de comprimento, 500 mm largura por 4100 mm de altura, construídas em uma combinação de madeira laminada Nordic Lam e madera laminada Nordic X-Lam CLT, cada uma com um peso de 77 toneladas.

© Olivier Blouin
© Olivier Blouin

A estrutura de madeira é flexível e permite a integração de sistemas mecânicos devido às diferentes alturas de seus membros  - as vezes são de altura completa, em outros casos existe um buraco para permitir a passagem dos sistemas de ventilação . Os acessórios de iluminação se colocam sob os raios de acoplamento destacando o padrão aparentemente aleatório.

Estrutura de Cobertura
Estrutura de Cobertura

Ver la galería completa

Ubicación para ser utilizado sólo como referencia. Podría indicar ciudad / país, pero la dirección no exacta.
Sobre esta oficina
Saucier + Perrotte architectes
Oficina
HCMA Architecture + Design
Oficina
Cita: "Estádio de Futebol Montreal / Saucier + Perrotte architectes + HCMA" [Stade De Soccer de Montréal / Saucier + Perrotte architectes + Hughes Condon Marler Architects] 16 may 2016. Plataforma Arquitectura. (Trad. Uribe, Begoña) Accedido el . <https://www.plataformaarquitectura.cl/cl/785860/estadio-de-futbol-de-montreal-saucier-plus-perrotte-architectes-plus-hcma> ISSN 0719-8914